sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Chuva de meteóros

Em boa parte do Hemisfério Norte foi possível ver nesta madrugada a chuva de estrelas cadentes, conhecida como Perseidas. Ela é formada por pedaços da cauda de um cometa. O nome vem da constelação de Perseu, de onde os riscos no céu aparentam vir.
Os meteoros têm o tamanho de um grão de areia, mas criam uma imensa massa de calor ao atingir a atmosfera terrestre, a mais de 200 km/h. Até o fim de semana ainda será possível observar o fenômeno.


Nenhum comentário:

Postar um comentário